Translate

1.2.10

ESPETÁCULO BRANCO DE HORRORES.




Rapper Pirata

01/02/2010. São Paulo.

Etá, laiá!
Depois do antigo Noticias Populares (Folha de São Paulo), do apresentador Gil Gomes (Rádio Record), aquele Aqui Agora (SBT), até o filme Tropa de Elite, chegou o mais esperado do circo de horrores televisivo, um tal de Operação de Risco que passa na Rede TV.
Olha! Como os produtores são gênios, assim devem pensar? Eles pegaram uns ditos profissionais da secretaria Pública para serem os atores principais. Hum! Depois uma câmera percorre os bairros pobres como um jogo de video game, aquele que foi proibido nas lan house (Counter Strike). Assim vão os falsos heróis perseguir os garotos de 11 anos á 18 anos chamados por eles de traficantes.
Ai, o cover de Capitão Nascimento fala para os outros heróis: - Conversa com ele (adolescente preso) que nem homem, ai vão para trás de um muro. Resumo: Fazem o que hip hop e periferia diz todos dias “Eles chutam a minha caras e cospem em mim...” (Racionais Mcs Z/S). Pergunto-me: Quem irá proibir esse tipo de programa? Porque ele é apologia a revolta, e creio que logo alguns vão partir para cima deles, para o filme ficar real. E as balas perdidas vão achar a vítima, que não tem nada haver com o inguiço.
Depois do tal maio vermelho do enfrentamento do PCC e o estado, a sociedade paulista deu um cheque em branco para a segurança pública fazer o que quiser com os pobres; Ou melhor né? Com os trabalhadores, porque “Atiram primeiro para depois perguntarem seu nome...” (Grupo Consciência Humana Z/L). Desde aquela data sabemos que mais de quatrocentas almas se foram e não houve justiça, somente a vela acessa no canto do quarto de alguma família que perdeu seu ente.
A justiça aqui é branca e cega, e para dar razão a essa máxima popular, os zeladores dela, que poderiam ser os promotores, não estão para defenderem os cidadãos, e sim encarcerar o dito monstro de cor parda ou preta , morador da periferia. Geralmente o inimigo dos ditos cidadão de bens usa moleton e bombeta ou calça larga. Sei que existem alguns promotores que preservam a lei e integridade humana, mas são raros.
A politica paulista de 16 anos de poder decretou a pena perpétua na enrustida, porque já estão condenando a criança de dez anos viver sua vida em muros depressivos, se não for eliminada no percurso.
Então voltando ao tal programa Operação de Risco, nossa sociedade é midiática, ela precisa de IBOPE, então vale tudo, até colocar a brutalidade do estado como espetáculo. Mais vão pensando senhores classe mídia (média), “O crack é um droga democrática, ela faz o homem rico e pobre serem o que são, farrapos” (Spike Lee filme Irmãos de Sangue). Ela fará esse mesmo estado levar de algemas seus filhos, que hoje também vendem e consomem em excesso para fugirem da realidade urbana fragmentada e depressiva.

Um comentário:

nausea disse...

Excelente critíca! A polícia é orgão de repressão do Estado e está aí pra proteger o Estado e garantir uma sociedade desigual. A mídia comemora a desgraça pelo lucro que a mesma dá pra alguns (inclusive para eles). É catastrófico!